• INTERNACIONAL
  • ARGENTINA
  • BRASIL
  • BOLIVIA
  • CHILE
  • COLOMBIA
  • COSTA RICA
  • ECUADOR
  • EL SALVADOR
  • ESTADOS UNIDOS
  • GUATEMALA
  • HAITI
  • HONDURAS
  • MEXICO
  • NICARAGUA
  • PANAMA
  • PARAGUAY
  • PERU
  • R. DOMINICANA
  • URUGUAY
  • VENEZUELA
Perguntas frequentes
programas educacion y trabajo
ESTOU INTERESSADO/A NO VOLUNTARIADO

Inscrevendo-se na página web do seu país ou se comunicando com o escritório do TETO mais próximo. Se você não tem tempo para se voluntariar, você pode se tornar um membro e contribuir com doações.
Acesse “Voluntariado” ou “Faça sua doação” para saber mais.

Se você assumir um compromisso, o TETO espera que você o tome com honestidade e profissionalismo, cumprindo tudo o que você se compromete a realizar. É por isso que no TETO, você pode participar como voluntário/a de acordo com sua disponibilidade e interesse.

Todas as pessoas que desejam, podem ser voluntárias pelo TETO, mas nosso foco está na juventude, então desenvolvemos campanhas para recrutar voluntários/as em escolas, universidades e centros de estudos técnicos. No TETO, todas as pessoas com diferentes credos, origem, culturas e orientação política ou sexual podem participar sem discriminação.

Para conhecer as atividades do TETO em sua cidade, entre em contato com o escritório mais próximo:
aqui você pode encontrar os dados.

programas educacion y trabajo
QUERO SABER MAIS SOBRE O TETO

Até 2012, fomos Um Teto para o meu país. Naquele ano, passamos por um processo de redefinição da visão, missão e novas abordagens de trabalho em comunidades precárias, até uma mudança de nome e imagem.

A situação de pobreza em que mais de 100 milhões de pessoas vivem em comunidades precárias é uma emergência permanente. É por isso que construímos moradias de emergência. No entanto, isso é apenas parte de um trabalho mais abrangente envolvendo jovens voluntários/as e habitantes de comunidades precárias. Saiba mais sobre o Modelo de Trabalho do TETO. Você também pode entrar em Gestão Social e Impacto e conhecer o efeito que a moradia de emergência tem nas famílias.

O TETO define as comunidades precárias como um grupo de 8 ou mais famílias que vivem em uma terra que tem uma situação irregular em termos legais, e que tem a falta de acesso formal a pelo menos um serviço básico, como eletricidade, água e/ou esgoto. Saiba mais sobre a realidade das comunidades precárias.

O TETO nasceu no Chile em 1997, com base no trabalho de um grupo de jovens apoiado por um padre jesuíta. Quando a decisão é tomada para formalizar este projeto em uma Fundação, os jesuítas do Chile apoiaram esta iniciativa do ponto de vista jurídico e financeiro.

Os jesuítas são uma congregação da Igreja Católica que continua a apoiar este projeto, através da presença do Capelão que preside o diretório do TETO no Chile. Seu papel é promover valores fundamentais como a diversidade, a natureza não-denominacional da instituição, a liderança dos jovens e seu foco fundamental no trabalho para e com as famílias mais excluídas.

Um dos valores do TETO é a diversidade, portanto todos, independentemente de sua origem, credo, gênero, orientação ou situação econômica, são bem-vindos/as para fazer parte do TETO.

Não. O TETO é uma organização não partidária, e através de todo o trabalho de voluntários/as e habitantes de comunidades precárias, procura fazer políticas e gerar advocacia, com o objetivo de mudar a situação da pobreza em que vivem milhões de pessoas na região.

Através de parceiros individuais que contribuem mensalmente, alianças com empresas, cooperação internacional e com a realização de diferentes campanhas e eventos de coleta. Saiba mais em Gestão Financeira.

programas educacion y trabajo
SOU MORADOR/A DE UMA COMUNIDADE PRECÁRIA

Todas as famílias que vivem em comunidades precárias e querem trabalhar com o TETO podem acessar, propor e participar dos programas do modelo de intervenção oferecido pela organização. Para descobrir se o TETO está em sua comunidade ou em sua cidade, entre em contato com o escritório em seu país. Aqui você encontra os dados.

As famílias das comunidades precárias participam desde o primeiro momento de nossa intervenção, pois são eles que se organizam para que o TETO comece a intervir em conjunto com eles. Do reconhecimento das características da comunidade, através da ativação de programas e projetos comunitários e gerenciamento conjunto de soluções para suas necessidades. Saiba mais no TETO Work Model.