• INTERNACIONAL
  • ARGENTINA
  • BRASIL
  • BOLIVIA
  • CHILE
  • COLOMBIA
  • COSTA RICA
  • ECUADOR
  • EL SALVADOR
  • ESTADOS UNIDOS
  • GUATEMALA
  • HAITI
  • HONDURAS
  • MEXICO
  • PANAMÁ
  • PARAGUAY
  • PERU
  • R. DOMINICANA
  • URUGUAY
  • VENEZUELA

Ontem fez uma semana da operação policial em Vila Beira Mar, uma das comunidades com as quais trabalhamos no Rio de Janeiro, que terminou com 3 pessoas mortas e 3 feridas. 

Dentre elas, 2 crianças foram atingidas enquanto iam para a escola. Elas estudam em Vila Beira Mar por não terem vaga na escola em Parque das Missões, comunidade onde moram. Letícia, de 9 anos, que foi atingida no tórax, passou por cirurgia e está em estado grave. Cristiano, seu primo de 6 anos, foi atingido na mão e teve que amputar um dedo, e está traumatizado pelo que vivenciou. Maurício, jovem de 23 anos, vendedor de café, foi atingido na barriga enquanto trabalhava e terá seus próximos meses comprometidos por conta disso.

Trabalhamos junto a essa pessoas em seus territórios, pois as queremos vivas e em plenas condições de desenvolverem suas capacidades, seus sonhos e projetos, individuais e coletivos. Atuamos para que tenham seus direitos básicos atendidos. Nosso foco é contribuir com soluções de moradia e infraestrutura; mas nada grita mais alto, e é mais primordial, que o DIREITO À VIDA

Nos somamos às vozes que exigem que seja feita a apuração dos fatos e tomada as devidas providências.

Continuaremos trabalhando junto aos moradores/as dessas e outras comunidades que seguem resistindo e lutando diariamente.

Nossa solidariedade aos familiares.